Olá, Seja Bem Vindo. Faça seu login ou cadastre-se!

Letras e Músicas

HOME ARTISTA GÊNERO PLAYLIST NOTÍCIAS
BandaArtistaLetra_F.php

Gusttavo Lima

Tipo: Artista
Localização: Presidente Olegário / Minas Gerais
Gênero: Sertanejo
Qtd. Acessos: 63130 Acessos
Qtd. Fãs: 0 Fã
Qtd. Álbuns: 3 Álbuns
Qtd. Músicas: 63 Músicas
Qtd. Galerias: 0 Galeria
Gusttavo Lima ao Vivo em São Paulo
Lançado em: 01/01/2012
Gravadora: -1

Gusttavo Lima e Você
Lançado em: 01/01/2011
Gravadora: -1

Inventor Dos Amores
Lançado em: 01/01/2010
Gravadora: -1

Que Mal Te Fiz Eu
Sugerir novo Vídeo
Expandir Clip
Não entendo,
Porque não me falas,
E viras a cara,
Cada vez que passo junto a ti.
Não entendo,
Todo esse veneno,
Que por aí espalhas,
Quando tens conversas sobre mim.
Porquê?
Tu sentes tanto rancor,
Por um homem que te queria e que te amava e tu deixas-te.
Diz-me,
Fala,
Tudo por favor.

Que mal te fiz eu?
Para me tratares assim como um farrapo,
Um vagabundo um pobre coitado.
Não te chegava teres matado o nosso amor?
Que mal te fiz eu?
Para tu depois de me tirares a vida,
Me queiras ver crucificado ainda.
Não te chegava a dor que o teu adeus deixou?
Te peço por Deus,
Diz-me que mal te fiz eu.

Não entendo,
Porque me desprezas e de mim te afastas,
Como se eu fosse um pedinte sim,
Porquê?
Tu sentes tanto rancor,
Por um homem que te queria e que te amava e tu deixaste,
Diz-me,
Fala,
Tudo por favor.

Que mal te fiz eu?
Para me tratares assim como um farrapo,
Um vagabundo um pobre coitado.
Não te chegava teres matado o nosso amor?
Que mal te fiz eu?
Para tu depois de me tirares a vida,
Me queiras ver crucificado ainda.
Não te chegava a dor que o teu adeus deixou?
Te peço por Deus,
Diz-me que mal te fiz eu.
Não entendo,
Porque não me falas,
E viras a cara,
Cada vez que passo junto a ti.
Não entendo,
Todo esse veneno,
Que por aí espalhas,
Quando tens conversas sobre mim.
Porquê?
Tu sentes tanto rancor,
Por um homem que te queria e que te amava e tu deixas-te.
Diz-me,
Fala,
Tudo por favor.

Que mal te fiz eu?
Para me tratares assim como um farrapo,
Um vagabundo um pobre coitado.
Não te chegava teres matado o nosso amor?
Que mal te fiz eu?
Para tu depois de me tirares a vida,
Me queiras ver crucificado ainda.
Não te chegava a dor que o teu adeus deixou?
Te peço por Deus,
Diz-me que mal te fiz eu.

Não entendo,
Porque me desprezas e de mim te afastas,
Como se eu fosse um pedinte sim,
Porquê?
Tu sentes tanto rancor,
Por um homem que te queria e que te amava e tu deixaste,
Diz-me,
Fala,
Tudo por favor.

Que mal te fiz eu?
Para me tratares assim como um farrapo,
Um vagabundo um pobre coitado.
Não te chegava teres matado o nosso amor?
Que mal te fiz eu?
Para tu depois de me tirares a vida,
Me queiras ver crucificado ainda.
Não te chegava a dor que o teu adeus deixou?
Te peço por Deus,
Diz-me que mal te fiz eu.
Esta música ainda não possui tradução cadastrada!